2022-06-06

Afinal o que tem o PEPAC para a mulher agricultora e rural?

 

A CNA realizou um seminário com o tema “O PEPAC e a Mulher Agricultora e Rural”, que contou a participação da MARP – Associação das Mulheres Agricultoras e Rurais Portuguesas, do MDM – Movimento Democrático de Mulheres e moderação da CNA.

Na iniciativa, que decorreu no espaço da Feira Nacional de Agricultura de Santarém, a 5 de Junho, foi referido que o Plano Estratégico da Política Agrícola Comum apresentado pelo Governo português não tem uma única medida direccionada para as mulheres agricultoras e rurais, situação referenciada como negativa pela Comissão Europeia, na carta de recomendações enviada ao Governo português na sequência da avaliação ao plano apresentado por Portugal.

A MARP apresentou algumas propostas de valorização da mulher agricultora com tais como a majoração nas candidaturas submetidas por mulheres agricultoras, no âmbito da agricultura familiar, por exemplo nos pequenos investimentos ou nos prémios aos jovens agricultores.

O MDM destacou a necessidade de serem tomadas medidas que garantam o funcionamento dos serviços públicos nas zonas rurais (ex. extensões de saúde, serviços de apoio social), de combate às violências vividas pelas mulheres seja em casa, no trabalho e na vida.

A situação difícil que se vive a agricultura não passou ao largo da iniciativa e foi abordada em diversas intervenções, quer da mesa, quer da assistência. Com o aumento dos preços dos factores de produção (ex. gasóleo agrícola, adubos, fertilizantes…) e com os preços pagos à produção que não acompanham esses aumentos coloca-se em risco a existência de muitas explorações agrícolas.

 

Esta acção integra um projecto no contexto de uma iniciativa comunitária promovida pelo PDR2020 e co-financiada pelo FEADER, no âmbito do Portugal 2020.