PDOStatement::execute(): SQLSTATE[HY000]: General error: 1021 Disk full (/tmp/#sql_40f_4.MAI); waiting for someone to free some space... (errno: 28 "No space left on device")[/home/cna/public_html/versions/v6.5.5.2/sys/orm/query.php|273] CNA

2021-05-25

Agricultores têm razão para protestar: dados do INE confirmam aumento dos custos dos factores de produção

Em Março de 2021, assistiu-se a um acréscimo de 4,4% no índice de preços de bens e serviços de consumo corrente causado, principalmente, pelos aumentos dos índices de preços dos adubos e correctivos (+16,8%), dos alimentos para animais (+6,1%) e da energia e lubrificantes (+3,8%), de acordo com o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas do Instituto Nacional de Estatística (INE), publicado este mês.

Os mesmos dados apontam que em comparação com o mês anterior, verificou-se um acréscimo de 1,4% no índice de preços de bens e serviços de consumo corrente, tendo as variações mais significativas sido registadas nos adubos e correctivos (+5,8%) e na energia e lubrificantes (+3,7%). 

No índice de preços dos bens e serviços de investimento registou-se uma variação positiva de 1,8%, devida, fundamentalmente, ao aumento do índice de preços das máquinas e materiais para cultura (+2,4%).

Apesar do Boletim apontar para algumas variações positivas nos índices de preços no produtor em Abril, é de salientar que a comparação é feita com referência a um período do ano transacto que registou quebras brutais ao nível de preços nos produtos animais, por exemplo, em consequência da crise decorrente da pandemia de COVID-19.

Importa também referir que a recuperação ainda se mantém aquém dos valores de Março de 2020 – nos bovinos os preços até caíram 2,0% – e que não são suficientes para cobrir as subidas dos custos dos factores de produção.

A CNA e Filiadas desde há muito que têm denunciado a situação difícil em que vivem os Agricultores com os elevados custos dos factores de produção e com os baixos preços à produção.

Numa conferência de imprensa realizada recentemente, pela CNA e pela União dos Agricultores do Distrito de Leiria, o dirigente da associação referia que “os elevados custos dos factores de produção estão a causar grandes dificuldades. Os Agricultores são cada vez menos e cada vez estão mais pobres”.

Os elevados custos dos factores de produção são um dos motivos que levam a CNA e Filiadas a realizar uma Manifestação em Lisboa no dia 14 de Junho, por ocasião da reunião dos Ministros da Agricultura da União Europeia, para contestar o rumo das negociações da reforma da  Política Agrícola Comum (PAC).

A PAC também tem de dar resposta ao problema enorme dos rendimentos dos Agricultores, muito provocado por uma política brutal de preços baixos à produção que, aliada a todos estes custos elevados dos factores de produção, leva a que o Agricultor não consiga sequer um rendimento para poder sobreviver e muitas vezes acaba por abandonar a actividade ou por reduzir a exploração ao mínimo.