17 de Abril - Dia Internacional da Luta Camponesa

Hoje, 17 de Abril, por iniciativa da Via Campesina Internacional, organização que a CNA integra, assinala-se o Dia Internacional da Luta Camponesa em homenagem aos 19 Trabalhadores Rurais Sem-Terra, membros do MST, assassinados pela polícia a 17 de Abril de 1996, em Eldorado dos Carajás, no Estado do Pará, Brasil.

A CNA associou-se às iniciativas que hoje decorrem um pouco por todo o mundo, realizando, ontem à noite, na sua sede e com o apoio do Ateneu de Coimbra, uma sessão de Debate e Solidariedade com as Organizações Camponesas e o Povo Brasileiro, num momento particularmente difícil, de ataque aos direitos dos trabalhadores, de crescimento da violência e num contexto político altamente preocupante para a democracia do Brasil.

Neste debate, estiveram presentes Ceres Hadich da Direcção Nacional do MST – Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra e Josineide Sousa da Direcção Nacional do MPA – Movimento dos Pequenos Agricultores.

Ainda no âmbito das comemorações do 17 de Abril a CNA salienta que este ano deverá ser votada no Plenário das Nações Unidas a Declaração dos Direitos dos Camponeses e Camponesas, a qual a CNA considera ser uma ferramenta estratégica no sistema legal internacional para a defesa dos camponeses/as de todo mundo, nomeadamente da agricultura Familiar Portuguesa e, ao mesmo tempo, para a sustentabilidade da Humanidade e do Planeta.

Coimbra, 17 de Abril de 2018
A Direcção da CNA


- Comunicado PDF