COBALCO: Uma associação que nasceu para defender os baldios e os compartes

Realizou-se no dia 22 de Outubro, a Assembleia Geral Eleitoral da COBALCO – Associação Cooperação Entre Baldios do Distrito de Coimbra, onde foram eleitos os primeiros Órgãos Sociais da Associação.

A COBALCO nasceu baseada na necessidade sentida pelos Compartes e Conselhos Directivos de Baldios do Distrito de Coimbra de uma estrutura que defenda a gestão comunitária dos baldios.

Os Baldios são terrenos de grande representatividade no território português atingindo 13% da área florestal nacional. A região centro, designadamente o distrito de Coimbra, tem uma das áreas mais importante de terrenos baldios.

São objectivos da COBALCO a promoção, defesa e desenvolvimento dos baldios e produtores florestais; pretende em conjunto com os Baldios, com os produtores florestais e com as entidades oficiais e particulares, ajudar a aproveitar os recursos disponíveis para que sejam geridos da melhor maneira possível, tendo sempre em conta a preservação do meio ambiente.

A composição dos órgãos sociais para o próximo quadriénio 2017/2021, é a seguinte:

DIRECÇÃO
Presidente – Olga Moura - Baldio de Mata S. Pedro (Coimbra)
Vice-Presidente – António Ventura - Baldio de Vila Nova (Miranda do Corvo)
Secretário – Carla Simões - Baldio Água D´Alte (Arganil)
Tesoureiro – Jorge Neves - Baldio de Monte Redondo (Arganil)
Vogal – Luís Miguel Carvalho - Baldio da Marmeleira (Coimbra)

ASSEMBLEIA GERAL
Presidente – Luciano Lourenço - Baldio de Goulinho (Oliveira do Hospital)
Secretário – Fernando Vasconcelos - Baldio de Goulinho (Oliveira do Hospital)
Vogal – João Gomes da Fonseca - Baldio de Porto Silvado (Arganil)

CONSELHO FISCAL
Presidente – Anabela Nunes - Baldio do Cabril (Pampilhosa da Serra)
Secretário – António José Gil - Baldio do Cadafaz – Góis
Relator – João Paulo Pinto - Baldio do Paião (F. Foz)

Além dos Órgãos Socias, para coadjuvar a Direcção foi criada a figura de Assessor da Direcção, cargo que é desempenhado por Isménio Oliveira.

A recente associação pretende ser uma referência distrital no apoio a gestão e à organização florestal. Podem fazer-se associados os Conselhos Directivos de Baldios, as Assembleias de Compartes e outras entidades que venham a ser aprovadas pela Direcção da Associação, assim como pessoas singulares, desde que aprovadas pela Direcção.

A Direcção da COBALCO não pode deixar de expressar solidariedade e luto pelas vítimas mortais quer nos incêndios de Pedrógão Grande, em Junho, quer nos que sucederam neste mês de Outubro, na Região Centro e, em particular, no Distrito de Coimbra, bem como a sua total solidariedade para com as famílias atingidas.

Coimbra, 22 de Outubro


- Comunicado PDF