Mais um passo em direcção ao estabelecimento da Declaração dos Direitos dos Camponeses e outras pessoas que trabalham em zonas rurais

Votação na Comissão de Direitos Humanos da ONU
Votação na Comissão de Direitos Humanos da ONU
Foi aprovada na Comissão de Direitos Humanos da ONU, em Genebra, a Resolução que permite a continuação dos trabalhos com vista à aprovação, pela Assembleia Geral da ONU, da Declaração dos Direitos dos Camponeses e outras pessoas que trabalham em zonas rurais.

A Resolução contou com votos favoráveis de 34 países (incluindo Portugal), 2 países votaram "Não" (EUA e Reino Unido) e houve 11 abstenções (aqui incluídos praticamente todos os países da UE).

O processo para o estabelecimento de uma “Declaração dos Direitos dos Camponeses” nas Nações Unidas visa criar um instrumento dentro do sistema internacional de direitos humanos que permita melhorar a promoção e a protecção dos seus direitos e dar visibilidade às ameaças e à discriminação de que são vítimas os camponeses e os produtores de alimentos de pequena escala em todo o Mundo, que têm vindo a ser sucessivamente “esmagados” pelo grande agro-negócio.

O texto da Declaração é fruto do trabalho efectuado pela Via Campesina – organização de que a CNA faz parte – durante mais de 15 anos e conta com o apoio da FIAN Internacional e do CETIM (Centro Europa - Terceiro Mundo), junto com outros movimentos sociais.

Comunicado Coordenadora Europeia Via Campesina


Comunicado Via Campesina